notícia publicada em 03/02/2020 às 10:30:45

Prefeito decreta Situação de Emergência em Itaperuna
 
DECOM Itaperuna
Prefeitura Municipal de Itaperuna-RJ
  
 
Ao lado do Governador Wilson Witzel, o Prefeito Marcus Vinícius de Oliveira Pinto decretou SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA em Itaperuna, no início da noite desse domingo, 26 de Janeiro, em virtude do desastre classificado e codificado como CHUVAS INTENSAS. A medida foi tomada depois que o Rio Muriaé, por volta das 15h, alcançou o nível de cinco metros e oitenta e quatro centímetros (1,34 m acima da cota de transbordo, que é de 4,50 m), inundando ruas e residências no território urbano bem como nos distritos e zona rural. Foram registradas 3.570 pessoas desalojadas e 75 desabrigadas, num total de 15.800 afetadas.

Inundações graduais vinham acontecendo desde as 19h20min da sexta-feira (24/01). Além disso a elevação do nível do Rio Muriaé danificou a tubulação de abastecimento dos distritos de Retiro do Muriaé, Nossa Senhora da Penha, Comendador Venâncio e de diversos bairros, deixando a população dessas comunidades sem água potável. A cheia também provocou a interdição do trecho da BR 356 que corta o município, devido ao grande volume de água na Avenida Cardoso Moreira, causando o impedimento da única passagem para as rodovias adjacentes.

Outros motivos que colaboraram para a decretação da SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA foram, a saber: as fortes precipitações pluviométricas (quantidade de chuva) no município desde o último dia 21 de janeiro, que registraram, no pluviômetro da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), um acumulado de 134 milímetros (77 % do esperado para todo o mês); o grande volume de água recebido de municípios integrantes da Bacia Hidrográfica dos rios Muriaé e Carangola e o fato de diversas áreas do município terem sido afetadas por alagamentos, inundações, enxurradas e deslizamentos que resultaram em danos e prejuízos.


Comentários

Mais fotos para esta notícia